O Centro Comercial Dolce Vita Douro foi o palco escolhido para a realização de um Workshop intitulado “Educação e prevenção” no dia mundial da diabetes. Esta iniciativa faz parte de um conjunto de atividades que o Centro de Saúde de Mateus em Vila Real vai promover no Centro Comercial.
No nosso país a diabetes atinge quase um milhão de pessoas e, de acordo com o estudo da prevalência da diabetes em Portugal, já foi atingido a quantidade de casos esperado para 2025, ou seja, 16 anos antes do que estava previsto. Este “workshop é uma maneira de sensibilizar as pessoas, pois hoje em dia a diabetes atinge um grande número de pessoas. E hoje como dia mundial da diabetes, a data tinha que ser assinalada. É importante debatermos este tema em conjunto e o workshop é um bom meio, pois possibilita às pessoas trocarem experiências. Por outro lado, possibilita a nós profissionais perceberemos as principais dificuldades dos diabéticos e de que maneira podemos ajudá-los a superar esta doença. Com estas campanhas pretendemos sensibilizar as pessoas para adotarem estilos de vida saudáveis que promovam o exercício físico e a alimentação saudável”, revela Jacinto Gomes, enfermeiro do Centro de Saúde número 2 de Vila Real.
A diabetes é uma doença crónica que se exprime pelo aumento dos níveis de açúcar (glicose) no sangue e pela incapacidade do organismo modificar toda a glicose proveniente dos alimentos. Esta doença “preocupa imenso e deve preocupar cada vez mais por causa dos hábitos de vida que vamos adquirindo e apesar da múltipla informação que temos hoje em dia, a diabetes prevalece, aumenta e tem complicações cada vez mais relevantes do ponto de vista social que apesar, de todas as campanhas de informação e sensibilização, parecem continuar”, diz Gabriel Martins, enfermeiro e coordenador das urgências de Mateus em Vila Real.
É importante que as pessoas testem regularmente os seus níveis de glicose para prevenirem complicações. Tal como explica Gabriel Martins “a diabetes não se sente, não tem nenhum sintoma exterior que a identifique e alerte as pessoas. É uma doença progressiva, que se instala com tendência para ser crónica e depois quando as consequências acontecem já são irreversíveis. E se conseguíssemos atuar numa fase de prevenção seria muito melhor do que já numa fase onde a pessoa tem de se privar dos seus hábitos normais e tem de consumir medicamentos e mudar a alimentação. Prevenir é o objetivo das nossas ações de sensibilização. O verdadeiro flagelo é a diabetes tipo 2 porque se pode prevenir e controlar e é a que mais preocupa porque tem tendência para o descontrolo e muitos mais riscos”.
Por ser um local por onde passam dezenas de pessoas, o Centro Comercial Dolce Vita Douro é um bom lugar para explicar a importância da alerta em relação a esta doença. Embora ainda não haja uma cura definitiva para a diabetes, existem já alguns tratamentos que melhoram a qualidade de vida dos doentes.