Os Caminheiros de Vila Real vão inaugurar no próximo dia 13 de novembro o troço conhecido como “Caminho Português Interior de Santiago”. Uma caminhada que conta já com cerca de 150 participantes e que, em parceria com a Câmara Municipal de Vila Real, presenteia ainda os participantes com um magusto no final de uma caminhada de cerca 22 kms.
Recentemente oito municípios juntaram-se e procederam à limpeza, marcação e levantamento histórico deste troço. Para João Carvalho do Departamento de Planeamento e Desenvolvimento Sustentável da Câmara Municipal de Vila Real o “Caminho Português Interior de Santiago constitui, para os Caminheiros, e também para os Peregrinos, mais uma infraestrutura devidamente limpa e sinalizada para que estes possam levar a cabo as suas atividades com uma garantia de qualidade”. O Presidente da Associação dos Caminheiros de Vila Real, Hernâni Carvalho, afirma que “sem o apoio do município não existiria qualquer viabilidade de execução deste projeto”.
Contudo este trilho é também uma mais-valia para o turismo: “ele acarreta importantes impactos económicos nas terras por onde passa, dinamizando negócios ligados ao alojamento, à restauração, cafés e equipamentos culturais. A mostrar a importância que as pessoas veem no Caminho de Santiago está o facto de em França, Espanha e mesmo em Portugal, serem entidades privadas e associações, a tratar da manutenção de Albergues e da limpeza de alguns trajetos”, declara João Carvalho.
É impossível precisar o tempo de inatividade deste caminho uma vez que “o caminho sempre existiu embora utilizado para a passagem entre povoações”, porém com o avanço tecnológico e com a criação de novas estradas foi “interrompido em alguns locais”, disse Hernâni Carvalho.
Como forma de celebrar a limpeza e sinalização do Caminho Português Interior de Santiago a Associação dos Caminheiros de Vila Real convida todos os interessados para um passeio. João Carvalho do Departamento de Planeamento e Desenvolvimento Sustentável informa que “embora uma atividade deste tipo esteja sempre sujeita a fatores externos, como o estado do tempo, contamos com a participação de cerca de 150 pessoas, fruto da parceria com a Associação de Caminheiros de Vila Real e do apoio dos Bila Bikers; entretanto o Município já foi contactado por pessoas de várias partes (Viseu, Porto, Póvoa do Varzim e um casal de Canadianos que está em Vila Real …), que se juntarão ao grupo de participantes no Domingo. Quanto a expectativas para o futuro do Caminho Português Interior de Santiago, desejamos que todas as pessoas possam usufruir dele, não só pela sua riqueza cultural e paisagística, mas também porque neste caso, percorrer o Caminho de Santiago, é a melhor forma de o preservar”.
A concentração será feita às 8:00h da manhã na Praça do Município e terminará no antigo apeadeiro da Samardã por volta das 12h30.